quinta-feira, 17 de novembro de 2016

As Penélopes Charmosas



   Criada no início dos anos 1970 para o seriado animado "Corrida Maluca", a corredora durona de modos delicados fez tamanho sucesso, que ganhou sua própria série, levando junto a Esquadrilha da Morte, em desenhos ambientados nos anos 1920/1930, como uma sátira adocicada aos filmes mudos. Naquela época, ainda havia muita gente que se lembrava dos anos loucos, por isso filmes retratando as duas décadas proliferaram como poucos.


    Com o tempo e o azedume, a personagem ganhou a pecha de machista, por sempre pedir para ser salva, ignorando os detratores que estar amarrada a um tronco a caminha de uma serra afiada, não é exactamente uma situação em que se possa dispensar ajuda. Ignoram também que ela geralmente conseguia se safar sozinha, às vezes até salvando os seus socorristas.


    Bem, o antigomobilista não se esqueceu dessa bravura e boa disposição. Penélope Charmosa passou a ser o apelido das mulheres que acompanhavam seus pares em encontros, passeios e ralis de carros antigos. Elas sabiam onde estavam se enfiando, afinal são carros com no mínimo trinta anos de uso, alguns com mais se setenta, ter de descer e ajudar a fazer um reparo pelo uso severo e prolongado não está fora do cronograma.


    Algumas, sem medo do preconceito que ronda quem vive a própria vida à sua maneira, com o tempo passaram a se vestir de rosa, algumas se caracterizando como Penélope, outras simplesmente usando roupas fofas e delicadas para encarnar a idéia da brincadeira, que muita gente leva à serio. Algumas já são celebridades em seus clubes, como estas moças aqui.


    Não demorou também para que essas Penélopes passassem a conduzir em vez de serem apenas conduzidas, preferencialmente conversíveis, porque afinal de contas, é este o espírito da personagem. Uma mulher livre, poderosa e que não deve satisfações a ninguém. Aos poucos, nos eventos mais tradicionais, tornaram-se parte das exposições, com trajes de época, fiéis ou estilizados, enriquecendo um tipo de evento que por si já é um entretenimento muito rico.


    As modelos mais curvilíneas, desdenhadas pela moda oficial, viram o nicho e hoje algumas se especializaram no tema. pois sim, quem vive à própria maneira não beneficia só a si, espalha o benefício ao seu redor e até gera empregos dignos. Há os que chamam garotas muito delicadas e de aspecto frágil de "Penélope Charmosa", com o intuito de constranger. Para quem se assume vintagista, queridas, é como chamar um corintiano de gambático e pensar que ofende. Dita Von Teese é provavelmente a mais famosa e glamorosa antigomobilista da actualidade, é uma Penélope assumida! Quer exemplo melhor?


    E vocês? Já soltaram a Penélope hoje?

Ver ensaios aqui, aqui, aqui e aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário